Dicas

Dicas variadas para sua melhor alimentação e bem estar do seu corpo.

Alimentação e Diabetes

- 2014-10-03 15:35:28

Diabetes mellitus é uma doença crônica e complexa. O paciente requer cuidados especiais para a prevenção de complicações agudas e para reduzir o risco de complicações de longo prazo.
É classificada da seguinte forma:
- Diabetes tipo 1 – quando ocorre destruição nas células que produzem a insulina que é responsável por colocar a glicose dentro das células para fornecer energia para o corpo.
- Diabetes tipo 2 – quando ocorre uma deficiência progressiva na secreção da insulina.
- Diabetes gestacional – se desenvolve durante a gestação, mesmo em algumas mulheres não diabéticas.
- Pré diabetes - termo usado para indivíduos que apresentam glicemia em jejum entre 100-125mg/dL e que possuem o risco de se tornarem diabéticos.

A Associação Americana de Diabetes indica um tratamento conjunto envolvendo medicamentos, exercício físico regular, controle de peso corporal e alimentação saudável.

Quanto à alimentação, deve-se ter atenção com:

1. Consumo de carboidratos: preferir os carboidratos provenientes dos vegetais, frutas, cereais integrais, leguminosas e laticínios magros. Evitar os carboidratos presentes em alimentos industrializados ou os que estão associados à gorduras, sódio e açúcares simples (açúcar branco, xarope de glicose, xarope de milho).
2. Evitar bebidas açucaradas, inclusive, refrigerantes e sucos concentrados e artificiais.
3. Maior consumo de fibras alimentares, pois elas regulam a glicose no sangue: pão integral, arroz integral, biscoitos integrais, leguminosas; em torno de 3 porções de frutas por dia; uso diário de farelo de aveia.
4. Quanto às gorduras, uma dieta seguindo o estilo mediterrâneo contribui para o controle da glicemia e diminui os fatores de risco para doenças cardiovasculares, ou seja, deve-se ter mais atenção à qualidade do que à quantidade das gorduras. Sempre preferir as gorduras monoinsaturadas (azeite de oliva extra virgem, oleaginosas, abacate) e as poliinsaturadas ricas em ômega 3 (salmão, atum, cavala, arenque, sardinha, chia, linhaça).
5. Uso de bebida alcoólica moderado.
6. O uso de canela e algumas ervas ou plantas ainda é inconclusivo.
7. Fracionar a dieta em 6 refeições ou de 3 em 3 horas.
8. Alternar o uso de adoçantes, e, quando possível evitar os seguintes: adoçantes à base de frutose, sorbitol, manitol, ciclamato e sacarina de sódio
9. Evitar mistura de arroz, pão, macarrão, batata, inhame, aipim na mesma refeição.
10. Evitar jejum prolongado.






Fonte: American Diabetes Association. Standards of medical care in diabetes – 2014. Diabetes care (37) Supl. 1, 2014.


Elaborado por Nutricionista Larissa Cohen