Dicas

Dicas variadas para sua melhor alimentação e bem estar do seu corpo.

Como emagrecer aproveitando o melhor das frutas?

- 2017-12-07 10:27:53

Como qualquer alimento, as frutas contêm calorias. No entanto, são ricas em fibras que auxiliam no bom funcionamento intestinal, possuem vitaminas, minerais e antioxidantes que auxiliam no bom funcionamento do metabolismo em geral, inclusive, nos ciclos metabólicos que levam à oxidação de gordura e emagrecimento.

Em geral, dependendo do indivíduo e de seu gasto calórico diário, uma média de 3 a 5 porções de frutas podem ser recomendadas ao dia. Essas frutas devem ser consumidas in natura, de preferência com casca ou bagaço. Os sucos naturais feitos em centrífugas ou coados após serem liquidificados já não são interessantes porque perdem as fibras e isso pode levar ao aumento de açúcar no sangue, à maior deposição de gordura e à menor saciedade. As fibras são o diferencial! Já os sucos naturais acrescidos de folhas, logo, com mais fibras, possuem melhor valor nutricional, mas também não devem ser consumidos em excesso.

As frutas podem ser distribuídas ao longo do dia pela manhã acrescentando-se farelos ou sementes, podem entrar como sobremesa após almoço quando a pessoa tem muita vontade de comer doces pós-refeição e podem também fazer parte de um lanche da tarde sendo combinada com iogurte natural e/ou castanhas ou sementes.

Para emagrecer comendo frutas, o restante da alimentação também precisa ser equilibrado, respeitando-se as quantidades de cada alimentos e variedades, considerando sempre a presença de hortaliças e legumes, cereais e grãos integrais, carnes magras, gorduras saudáveis como azeite e castanhas, laticínios semi ou desnatados. Lembrando que para o emagrecimento saudável, a união entre alimentação saudável e exercício regular é fundamental.


Obs: A questão que é discutida atualmente diz respeito à frutose. Porém, é principalmente em relação à frutose acrescida nos produtos industrializados (conhecida também como xarope de milho ou açúcar invertido – leia os ingredientes do rótulo!). O excesso de consumo desses alimentos industrializados, como refrigerantes, bolos industrializados, fast food, algumas barras de cereais, alguns iogurtes aromatizados, alguns sucos de caixinha e biscoitos recheados, que pode acarretar em:

- Alteração dos níveis de triglicerídeos;
- Aumento de LDL colesterol - principalmente das partículas pequenas e densas de LDL que influenciam mais na formação de placas ateromatosas. Observa-se em pessoas com níveis séricos elevados de triglicerídeos e baixos de HDL colesterol;
- Diminuição da sensação de saciedade;
- Resistência à ação da insulina;
- Acúmulo de gordura abdominal.

Em suma, o excesso e a frequência da ingestão desses alimentos pode levar ao desenvolvimento de obesidade e complicações metabólicas como dislipidemias e diabetes mellitus tipo 2. Muito melhor comer uma fruta in natura do que lanches industrializados.